Xanddy e Carla Perez são condenados a pagar dívida de mais de R$ 5 mi

Postado em 11/09/2019 15:40

CARLA PEREZ EXIBE CORPÃO À BEIRA DA PISCINA

De acordo com site, casal comprou casa em Lauro de Freitas, em 2003, e não honrou o compromisso
 

O casal Xanddy e Carla Perez foi condenado a pagar uma dívida, que atualmente é superior a R$ 5 milhões. De acordo com o UOL, os artistas não teriam pago a A empresa South América Serviços e Assessoria Logística pela compra de um imóvel em 2003.

O jurídico da empresa diz que a companhia firmou acordo com Xanddy e Carla para negociação de um imóvel localizado em Lauro de Freitas. O casal teria se comprometido a pagar R$ 700 mil em cinco parcelas (com início em novembro de 2003 e última parcela em março de 2004).

Entretanto, de acordo com o UOL, os dois não teriam honrado nenhuma parcela do acordo. Por conta disso, em junho de 2005, a South América entrou com ação exigindo o recebimento integral das promissórias, acrescido de multas e honorários, totalizando R$ 1,12 milhão. Nesses 14 anos de processo em aberto, a quantia subiu para R$ 5,11 milhões (com juros e correções).

Em agosto do ano passado, o juiz André de Souza Vieira autorizou a verificação judicial de contas bancárias de Xanddy e Carla Perez. A Justiça encontrou R$ 28 mil em contas bancárias de Xanddy. Nas contas de Carla, foram encontrados apenas R$ 57. Os valores das contas do casal não chegaram a ser bloqueados.

O CORREIO tentou contato com os representantes dos artistas baianos, mas até a publicação desta nota não obteve retorno.

De acordo com o Uol, a empresa apresentou à Justiça as cinco promissórias que supostamente foram dadas como garantias de pagamento. Xanddy e Carla Perez não quitaram nenhuma delas.

Em novembro de 2005, o Tribunal reconheceu a existência da dívida e determinou a citação dos réus. A Justiça penhorou dois terrenos do casal, localizados em Lauro de Freitas (BA). Xanddy foi intimado por um oficial de Justiça em 2008.

Em janeiro deste ano, a defesa de Xanddy e Carla solicitou embargo de declaração contestando o autor do processo. Os advogados do casal informaram à Justiça que, ao contrário do que acusa o jurídico da South América, não há qualquer prova de ocultação de bens.

Ao Uol, a defesa do casal acrescentou que o Tribunal acertou ao indeferir o bloqueio de ativos de contas ligadas ao casal, pois “a ação de execução está devidamente garantida pelo imóvel objeto da ação, sendo este suficiente para garantir o valor atualizado da dívida”.

Além disso, os advogados dos réus destacaram à Justiça que correm duas ações registradas por Xanddy e Carla Perez contra a South América, “de modo que a execução definitiva somente deverá ocorrer após o trânsito em julgados dos processos conexos”.

fonte:UOL

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com