Publicidade

Mulher começa a trabalhar em asilo para voltar a ver o marido durante a pandemia

Postado em 17/07/2020 7:30

Reprodução/Facebook Mary Shannon Daniel

Mary Daniel já estava há 114 dias sem poder visitar seu marido, Steve, mora em uma casa de repouso na Flórida, nos Estados Unidos. Antes da pandemia causada pelo novo coronavírus, ela costumava ir todas as noites ver seu esposo e colocá-lo para dormir.

Ele sofre de Alzheimer e precisa morar na instituição. Porém as regras de visitação mudaram por conta da covid-19 e ela não podia mais ver seu marido. Mary enviou quase 100 mensagens ao governador da Flórida, Ron DeSantis, pedindo permissão para visitar seu marido, mas seu pedido não foi aceito.

Então, a mulher começou a visitar Steve do lado de fora de seu quarto, através da janela. “Ele apenas chorou. Era difícil explicar a situação para ele.” O escritório do asilo, vendo a saudades e o desespero da mulher, resolveu lhe oferecer um emprego como lavadora de pratos. A partir daí, no começo de julho, Mary tem trabalhado na cozinha da instituição para passar mais tempo ao lado do seu amado.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!