Morte anunciada: Rio de Janeiro 356 pessoas estão na fila por um leito de UTI e os hospitais estaduais do RJ não possuem mais leitos de UTI

Postado em 24/04/2020 9:11

A rede estadual de hospitais do Rio de Janeiro não possui mais leitos em Unidades de Tratamento Intensivo (UTI) para pacientes com o novo coronavírus na cidade do Rio de Janeiro na manhã desta sexta-feira (24). As únicas vagas disponíveis são no Hospital Zilda Arns, em Volta Redonda.

Apenas na rede estadual, 356 pessoas estão na fila por um leito de UTI, sendo 220 pacientes suspeitos ou confirmados com o novo coronavírus.

O Hospital Zilda Arns possui 56% de ocupação na enfermaria e 51% da UTI.

 

Apenas na rede estadual, 356 pessoas estão na fila por um leito de UTI — Foto: Reprodução/ TV Globo

Apenas na rede estadual, 356 pessoas estão na fila por um leito de UTI — Foto: Reprodução/ TV Globo

De acordo com a secretaria, atualmente a ocupação total da rede estadual é de 66% em leitos de enfermaria e de 80% em leitos de UTI. Há duas semanas, esta ocupação era de 41% e 63%, respectivamente.

Na manhã desta sexta, 773 pacientes estão internados na capital em unidades das três esferas de poder por suspeita ou confirmação da Covid-19, sendo 261 em UTIs.

A rotativa de vagas na rede estadual da capital deve ser motivada por altas ou óbitos, segundo o órgão.

Hospitais de campanha

Tanto a prefeitura quanto o estado contam com a abertura de vagas nos hospitais de campanha, que devem começar a funcionar nos próximos dias. O primeiro é o do Leblon, na Zona Sul, que será inaugurado com 200 leitos, sendo 100 dele de UTI. A unidade é custeada pela iniciativa privada, mas vai atender pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS).

Além da unidade do Leblon, a secretaria estadual vai disponibilizar outros 1,8 mil leitos em oito hospitais de campanha e um modular, que serão inaugurados em maio em vários pontos do RJ.

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
error: Este conteúdo é protegido!