Justiça define pena para internauta que fez ataques racistas contra Titi

Postado em 12/04/2018 17:56

Justiça define pena para internauta que fez ataques racistas contra Titi

A Vara da Infância e Juventude determinou que a menor autora dos ataques racistas àTiti, filha de Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank, terá que cumprir uma pena em liberdade assistida por conta do crime cometido por ela. A sentença determina que a jovem cumpra uma série de normas, que caso descumpridas podem resultar em penalidades mais severas e até internação.

Em entrevista à revista “Quem”, a advogada de Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank,Mariana Zonenschein, explicou que a adolescente deverá ser monitorada por 6 meses. “Ela foi condenada à liberdade assistida e terá um orientador que vai acompanhar a menor e sua família, promover orientação para ela e sua família, inseri-la em um programa oficial comunitário, acompanhá-la na frequência e desempenho escolar, orientar na questão da profissionalização da adolescente e na sua inserção do mercado de trabalho. Tudo isto deverá constar no relatório do caso que deve ser apresentado em juízo. Ela será monitorada por seis meses”, explicou.

Mariana também revelou que Bruno e Giovanna ficaram satisfeitos com a decisão da Justiça. “Ela se mostrou arrependida e eles acreditam que ela não voltará a cometer o crime. Caso ela descumpra, ela pode ser internada e os pais penalizados“. afirmou a advogada. Os ataques racistas à Titi foram feitos nas redes sociais no final do ano passado, e Bruno Gagliasso registrou a queixa na Delegacia de Repressão a Crimes de Informática.

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Real Time Web Analytics