Publicidade

Homem acorda quando cortavam sua perna no necrotério

Postado em 05/12/2020 7:30

Foto: Reprodução/Mirror

Peter Kigen é o homem que foi declarado morto e “voltou à vida” enquanto funcionários do necrotério o embalsamavam. Peter sofre de uma doença crônica que não foi revelada e foi declarado morto horas após desmaiar em casa, no Quênia.

Ele foi transferido para o necrotério e os funcionários faziam os preparativos para o enterro, horas depois. Quando funcionários cortavam a perna de Peter, ele acordou gritando e chorando.

Após o caso vir à tona, parentes do ex-falecido disseram que funcionários do hospital da região de Kericho foram “negligentes” na confirmação do óbito. Após ficar claro que Peter estava vivo ele foi novamente transferido ao hospital, onde recebeu tratamento intensivo. O hospital e as autoridades locais ainda não comentaram o assunto.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!