Funcionários de loja vão queimar rato e colocam fogo no estabelecimento

Postado em 30/05/2019 7:30

Dois funcionários de uma loja de bicicletas em Bury St Edmunds, na Inglaterra, encontraram a pior maneira de passar o tempo: cremar os restos de um rato morto, o que provocou um incêndio de grandes proporções no local.

Dysney Sibbons, 23, e Ashley Finley, 25, usaram uma substância aceleradora para queimar o roedor falecido, método que aumentou a velocidade de propagação das chamas. Uma dúzia de carros de bombeiros e mais de 60 homens foram mobilizados para conter o incêndio, que levou aproximadamente sete horas para ser apagado.

A loja ficou completamente destruída pelo fogo, que também atingiu um bar e um restaurante próximos. O prejuízo foi avaliado em mais de R$ 8 milhões. O juiz David Pugh classificou o incidente como “um ato de pura estupidez” dos acusados. Dysney e Ashley já se declararam culpados, mas só serão sentenciados em junho, quando uma nova audiência será marcada.

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com