Publicidade

Enfermeiro nos EUA contrai Coronavírus depois de ter sido vacinado, saiba mais

Postado em 01/01/2021 23:05

Com vários países dando início à vacinação contra a COVID-19, tem se criado cada vez mais expectativa para receber o imunizante e vencer, de uma vez por todas, essa pandemia. No entanto, ao contrário do que muita gente pode acreditar, tomar a primeira dose da vacina não deixa a pessoa instantaneamente imune à doença. Isso ficou claro nesta terça-feira (29), quando um enfermeiro dos EUA apresentou resultado positivo para COVID-19 mesmo depois de ter recebido a primeira dose da vacina. O que acontece é que, segundo os especialistas, demora cerca de 10 a 14 dias para o organismo começar a desenvolver a proteção.

Um enfermeiro de 45 anos de San Diego, recebeu a vacina da Pfizer em 18 de dezembro. No entanto, seis dias depois, após trabalhar um turno na unidade COVID-19, ele teve calafrios, dores musculares e fadiga. Um teste realizado no hospital confirmou que ele estava infectado.

De acordo com o Dr. Christian Ramers, especialista em doenças infecciosas do Family Health Centers de San Diego, esse cenário não é inesperado. Em entrevista à KGTV, uma filiada da ABC News, ele explicou que os pacientes não desenvolvem proteção contra a COVID-19 imediatamente após serem vacinados.

Confira nossa playlist no spotify e siga a 94

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!