Publicidade

Cientistas desenvolvem máscaras que podem matar o coronavirus

Postado em 19/06/2020 7:40

Amir Cohen/Reuters – 10.06.2020

Pesquisadores israelenses afirmaram que criaram uma máscara reutilizável que pode matar o coronavírus com calor, consumindo energia de carregadores de celular. O processo de desinfecção leva cerca de 30 minutos e os usuários não devem usar a máscara enquanto estiver conectada no carregador, disse o professor Yair Ein-Eli, que liderou a equipe de pesquisa da Universidade Technion em Haifa.

A máscara possui uma entrada USB que se conecta a uma fonte de energia, como um carregador de celular padrão, que então aquece uma camada interna de fibras de carbono a 70 ºC, temperatura alta o suficiente para matar vírus.

Ein-Eli disse que as máscaras descartáveis comuns não são econômicas e nem ecológicas. “Você precisa torná-la reutilizável e ecológica, e esta é a nossa solução”, disse ele. O professor Allon Moses, especialista em doenças infecciosas do Centro Médico Hadassah de Jerusalém, disse que “não há dúvida” de que a exposição de meia hora ao calor de 70 graus mataria o coronavírus.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!