Aumento da procura por preenchimento de pênis preocupa especialistas

Postado em 05/11/2018 13:54

Os homens estão sendo alertados sobre os perigos do ‘preenchimento de pênis’ por causa do risco de complicações.

O procedimento está se tornando cada vez mais popular entre homens preocupados com o tamanho da sua masculinidade.

Dois grupos britânicos de cirurgia plástica para a saúde sexual masculina disseram àBBC que observaram um aumento nas consultas para preenchimento de pênis.

A Moorgate Aesthetics e a Androfill revelaram no programa de Victoria Derbyshire que há três anos havia menos de 10 consultas por mês.

Agora, são cerca de 700 consultas por mês e mais de 130 procedimentos realizados mensalmente.

O que é o preenchimento de pênis?

O preenchimento de pênis é feito para aumentar a circunferência do órgão sexual masculino e envolve injetar ácido hialurônico ou outros líquidos no tecido sob a pele do pênis.

O procedimento, não cirúrgico, leva algumas horas, e os efeitos têm duração aproximada de 18 meses.

A mudança não é barata, já que cada sessão realizada no Reino Unido custa cerca de 3 mil libras, o equivalente a 14 mil reais.

Possíveis complicações

Os especialistas estão alertando os homens sobre os perigos do procedimento, devido às complicações que eles podem vir a ter.

Outra preocupação é o fato de que este tipo de tratamento ainda é pouco regulado.

Aumento da procura por preenchimento de pênis preocupa especialistas
 
Especialistas alertam a respeito dos possíveis efeitos colaterais do preenchimento de pênis [Foto: Getty]

O Sr. Asif Muneer, da Associação Britânica de Cirurgiões Urologistas, disse à BBC que “não aconselha” que as pessoas passem pelo procedimento.

“Todos estes procedimentos são principalmente para aumentar a circunferência flácida, e não trazem nenhum benefício no comprimento do pênis, quando ereto – então, não há uma melhora funcional,” disse ele.

“Na verdade, a técnica pode levar a complicações que irão prejudicar a vida sexual no futuro”.

Dr. Ross Perry, médico especialista em estética e dono da rede de clínicasCosmedics concorda com as preocupações de Muneer, alertando que o procedimento pode levar a sérios efeitos colaterais como hematomas doloridos, inchaço e potenciais cicatrizes e infecções.

“Outro potencial efeito colateral é a disfunção erétil devido ao bloqueio dos vasos sanguíneos,” alerta o médico.

Como especialista em preenchimentos, ele já foi procurado por vários homens em busca do procedimento peniano, mas se recusa a fazê-lo por considerá-lo “de altíssimo risco”.

“Também é muito difícil atingir as expectativas dos pacientes com esta técnica,” continua ele, explicando que o procedimento só ajuda a aumentar a circunferência do órgão.

A mensagem do Dr. Perry é de que qualquer um que esteja pensando em fazer um preenchimento de pênis pense duas vezes, já que o procedimento pode fazer mais mal do que bem e, em vez de melhorar a vida sexual, pode acabar com ela.

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Real Time Web Analytics