Publicidade

Advogado com COVID-19 morre depois de fugir de hospital em Patos de Minas

Postado em 13/07/2020 17:23

A Secretaria Municipal de Saúde de Patos de Minas informou, nesta segunda-feira, que está investigando a morte de um conhecido advogado da cidade, cujas iniciais são J.D. L., de 63 anos que, depois de ser diagnosticado com a COVID-19, fugiu do hospital.

O advogado morreu por volta das 5h de quinta-feira (9), no Hospital Vera Cruz. O corpo foi sepultado no mesmo dia, em Patos de Minas, sem velório, seguindo os protocolos para os casos de coronavírus.

Ainda na madrugada de quarta-feira, o paciente recebeu o diagnóstico da COVID-19. Logo após, mesmo infectado com a doença, ele deixou o Hospital Vera Cruz, onde estava internado. Funcionários da unidade hospitalar acionaram a Polícia Militar, e ele foi encontrado próximo à orla da Lagoa Grande, na região Central da cidade. No momento, um irmão do paciente o convenceu a voltar ao hospital.

Na manhã do mesmo dia, o advogado recebeu alta. Porém, por volta das 21h, apresentou dificuldades respiratórias. Foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência e Emergência (Samu). De acordo com o irmão, que é pastor evangélico, o advogado chegou a ser intubado pelos médicos, mas apresentou uma parada cardiorespiratória e não resistiu

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!