Publicidade

Herança de cantor sertanejo vira motivo de guerra na justiça

Postado em 26/07/2020 10:53

Herança do sertanejo Marciano virou um verdadeiro motivo de guerra na justiça. Filhos e viúva do cantor brigam pelo patrimônio deixado.

herança-marciano-vira-guerra

O ícone sertanejo Marciano, da dupla João Mineiro e Marciano, faleceu em janeiro de 2019, vítima de um infarto, e deixou quatro filhos e uma viúva. Desde então, a divisão de sua herança tem sido um pesadelo na vida dos envolvidos. Os bens do sertanejo estão sendo resolvidos na justiça pelos filhos e viúva do cantor, que estão em um verdadeiro pé de guerra para conseguirem suas partes, desde que um dos filhos foi barrado do velório do pai.

Segundo uma reportagem exclusiva do Domingo Espetacular, exibida no último domingo (19), a família do cantor Marciano está travando uma briga na justiça para a divisão de seus bens. Tudo começou no reconhecimento dos filhos, no qual o sertanejo reconheceu só as filhas Marciany e Joseane como suas filhas, excluindo os dois filhos do meio do testamento.

Os dois filhos então recorreram na justiça para que realizassem um teste de DNA e conseguissem suas partes no dinheiro e bens deixados pelo pai. A paternidade foi confirmada, mas os valores dos bens deixados por Marciano vieram à tona e os filhos alegaram que os valores eram bem menores que o deixado pelo pai, que fez um sucesso estrondoso no Brasil e vendeu milhões de discos.

Os filhos recorreram à justiça acusando Alexandra, viúva de Marciano, de esconder boa parte do patrimônio do cantor, que estava no inventário, para que os filhos não tenham sua parte. A briga pelo patrimônio segue em segredo na justiça e ambas as partes se atacam constantemente para que o valor dividido seja “justo”.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!