Vitima grava golpe por telefone e alerta população sobre procedimento de criminosos.

Postado em 17/04/2017 8:31

Golpista: “O senhor prefere está recebendo a casa ou o valor em dinheiro?”

Vitima: “Tanto faz, porque a gente é humilde”

Golpista: “O senhor tem de escolher senhor, o senhor prefere a casa ou o valor em dinheiro? O valor em dinheiro é o valor da casa de 100 mil reais.”

Vitima: “Pode ser o valor em dinheiro, porque a gente tem uma casinha simples”.

Golpista: O senhor é cliente de alguns de nossos patrocinadores, como a Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, banco do Bradesco ou Itaú?”

Vitima: “Eu tenho uma conta lá na Caixa.”

Golpista:“Quantos dias o senhor leva até a Caixa para estar conferindo o seu valor?”

Vitima: “É só amanhã agora.”

Golpista: “Ta OK. Olha o senhor vai para Caixa, quando o senhor chegar lá na Caixa o senhor liga pra gente tá OK?”

Vitima: “Ta OK.”

Este diálogo foi de uma pessoa que percebeu o golpe e gravou a conversa para servir de alerta para outras pessoas. Com oferta de prêmios em dinheiro, bens e de falsos sequestros os estelionatários abordam as vitimas e solicitam dinheiro para dar seguimento no golpe. Neste caso citado na reportagem a oferta era uma casa ou o valor de 100 mil reais como bonificação. De acordo com a delegada da Policia Civil Adriene Lopes, as pessoas devem ficar atentas com este primeiro contato via telefone. É durante a conversa que os criminosos pegam algumas informações para elucidar o golpe e dar sequência no plano. Por exemplo:

O senhor é cliente de alguns de nossos patrocinadores, como a Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, banco do Bradesco ou Itaú?”

Nesta parte do diálogo ela descobre em qual agência a pessoa abordada mentém um relacionamento financeiro. No decorrer do golpe que segue sempre os mesmos moldes ela induz a vitima a ir até a agência para fazer depósitos ou transferências. A delegada faz outro alerta. Muitas vezes por vergonha ou medo as pessoas enganadas deixam de fazer a ocorrência. Mas é através da ocorrência que a Policia Civil investiga os casos. A quebra de sigilo bancário propicia o rastreamento das contas beneficiadas pelos depósitos bancários. Portanto o contato com a Policia após o golpe é essencial. A dica mais importante é ficar sempre atento quanto a oferta fácil de dinheiro e bens. Sempre desconfiar de ligações não identificadas e pensar muito antes de tomar qualquer atitude.

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com