Treze divinopolitanos classificados para etapa da Olimpíada Brasileira da Informática

Postado em 12/07/2018 9:24

 
FONTE: DIVINEWS 
 
Em sua 20ª edição, a OBI terá 13 jovens divinopolitanos em sua etapa nacional. Pelo segundo ano consecutivo, a cidade está representada na Modalidade Iniciação, em seus três níveis: Júnior, I e II. São estudantes do 4º ao 9º ano do fundamental, com idade entre 9 e 15 anos. Os classificados são: Augusto de Camargos Zanoli, Bruno Milani Carneiro, Eduardo Antunes dos Santos Vieira, Eduardo Peixoto de Melo, Felipe Ferraz Lima, Guilherme Vilhena Paulinelli, João Marcelo Evangelista Faria Pena, Lucas Cerqueira Portela, Maria Eduarda Costa e Silva, Matheus Lopes Coelho, Miguel Freitas Amaral, Miguel Noronha Santos e Rafael Noronha Santos.
 
 
 
Não tão divulgada quanto a Olimpíada da Matemática, porém tão importante quanto, a OBI acontece anualmente dede 1999 e contribui para identificar jovens talentos e vocações, além de fomentar o interesse pelas carreiras acadêmicas, científica e tecnológica. A etapa nacional acontecerá no dia 11 de agosto. A fase local foi realizada em maio e a estadual, no último dia 14 de junho.
 
 
A OBI é promovida pela Sociedade Brasileira da Computação (SBC) e Fundação Carlos Chagas (FCC), sua organização nacional está a cargo do Instituto de Computação da Unicamp, que também é responsável pela seleção de estudantes brasileiros para participarem da IOI – Internacional Olimpíada da Informática.
 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 
Modalidade Iniciação – Nível Júnior, Nível 1 e Nível 2
 
Na modalidade Iniciação os alunos concorrem resolvendo problemas de lógica e problemas de computação, sem uso de computador, apenas utilizando lápis e papel. O objetivo desta modalidade é despertar o gosto por problemas de computação e detectar talentos potenciais para programação.
 
 
 
Conhecimento local
 
 
 
Em Divinópolis, as escolas Cefet e CiberCode estão cadastradas junto à Unicamp para realização das inscrições dos participantes e aplicação das provas. Sendo a CiberCode responsável pela Modalidade Iniciação.  
“Incentivamos nossos alunos e estudantes de outras escolas a testarem seus conhecimentos na OBI. Tivemos 40 participantes inscritos na modalidade iniciante, desses 13 se classificaram para a etapa nacional”, explica o professor da CiberCode, Igor Ferreira.
 
 
Igor, que além de professor é graduando em Física e Engenharia, elaborou uma apostila com conteúdos da OBI, exercícios e simulados, para preparar os alunos com aulas extras sala de aula. A participação nas aulas foi gratuita e aberta a qualquer estudante, não somente aos da CiberCode, desde que estivessem matriculados nos anos referentes aos níveis da disputa.
“OBI estimula o raciocínio dos estudantes em outro nível, deixando de serem meros consumidores de tecnologia para também produzir tecnologia”, argumenta.
 
 
Desenvolvimento do pensamento científico e criativo, superação de limites, sintetiza o que é a participação na OBI. “Superar limites é um aprendizado e leva à nova percepção da capacidade do participante, dentro de uma competição saudável. Não ser aprovado também se torna um aprendizado”, argumenta o Consultor Pedagógico da CiberCode, Eduardo Henrique.
 
Serviço:
Ciber Code Rua Paraíba, 450, centro Divinópolis
37 – 3016 – 4545
37 – 9127 9435(Aricson)

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: