Traficante afirma que foi extorquido em R$ 1 milhão por policiais presos

Postado em 29/07/2015 15:31

1extorsao-policiais

Os policiais foram presos na noite de segunda-feira Foto: Extra / Thiago Freitas

 

 

O traficante André Damião de Andrade, conhecido como Velho ou Coroa, afirmou, em depoimento na 5ª DP (Mem de Sá), que dois policiais civis e dois PMs do Rio de Janeiro chegaram a exigir R$ 1 milhão dele. Os sargentos Fábio Bernado dos Santos Reis, do 2º BPM (Botafogo), e Aleksander Viana Machado, atualmente reformado; e os inspetores Olavo Cerqueira Escovedo e Robson Pierre Abreu de Souza acabaram presos, na noite de segunda-feira, suspeitos de extorquir dinheiro do criminoso. Eles foram autuados pelo crime de concussão — o ato de obter vantagem indevida em virtude do exercício de uma função pública.

 

 

Damião contou, na 5ª DP, onde foi feito o flagrante, que os policiais estiveram na favela Faz Quem Quer, na Zona Norte do Rio, há duas semanas, e exigiram inicialmente R$ 500 mil para não prender uma mulher que estava numa casa na qual foram encontradas drogas e dinheiro. Como a quantia era muito alta, ela foi levada para a 29ª DP (Madureira), e lá teria sido negociado o pagamento de R$ 70 mil. Outros R$ 30 mil deveriam ser dados no dia 21 deste mês. A mulher, então, foi solta. O próprio traficante disse que fez a negociação por telefone.

 

 

 

Como Damião não pagou o restante do valor no dia combinado, os policiais o procuraram nesta segunda-feira em sua casa, na Vila Kennedy, na Zona Oeste, e exigiram outros R$ 500 mil. Mais uma vez sem o dinheiro, ele foi levado para a 9ª DP (Catete). Em depoimento, Damião afirmou que chegou a pedir ajuda para o chefe do tráfico no Faz Quem Quer, mas ele só teria aceitado contribuir com R$ 10 mil.

 

 

O policial civil Olavo e os dois PMs, flagrados no momento em que chegavam na 9ª DP

O policial civil Olavo e os dois PMs, flagrados no momento em que chegavam na 9ª DP Foto: Reprodução


 

Os policiais já vinham sendo monitorados. Agentes da Corregedoria da Polícia Civil, que fizeram a prisão, foram acionados pela Subsecretaria de Inteligência da Secretaria de Segurança (Ssinte), que teve a informação sobre a extorsão.

 

 

– Recebemos informações de que policiais estariam extorquindo um traficante em uma delegacia localizada na Lapa. Após as devidas confirmações, solicitamos o apoio da Corregedoria da Polícia Civil (Coinpol) e diligenciamos à 9ª DP, local onde foi realizado o flagrante – disse o subsecretário de Inteligência da Secretaria estadual de Segurança, Fábio Galvão.

 

 

– A Polícia Civil está alerta, no sentido de coibir essa prática. No depoimento, a vítima, que seria um traficante, reconheceu os quatro policiais como tendo praticado a extorsão. Temos também outras testemunhas, como relatos de delegados e autoridades policiais que acompanharam toda a ação até a prisão, que confirmam essa versão. Está claro que a extorsão foi praticada – afirmou a corregedora, acrescentando que outros policiais civis estão sendo investigados pelo crime.

 

 

A corregedora afirmou que não tem dúvidas de que os policiais cometeram crime

A corregedora afirmou que não tem dúvidas de que os policiais cometeram crime Foto: Extra / Thiago Freitas


Os quatro policiais foram reconhecidos na delegacia por Damião, que também foi preso pelo crime de associação para o tráfico de drogas. Pierre era lotado na 9ª DP há menos de um mês. Antes, ele era da 29ª DP(Madureira), onde Olavo permanecia, aguardando transferência para a unidade da Zona Sul. As investigações ficarão a cargo da Coinpol.

 

 

Outro lado

 

 

O advogado dos dois sargentos, José Guilherme Costa de Almeida, negou que seus clientes estivessem participando de qualquer extorsão. Segundo ele, os PMs teriam ido à 9ª DP para buscar a cópia do registro de ocorrência de uma agressão sofrida pelo filho de Aleksander. O advogado afirma que Fábio Bernardo, inclusive, estava fora da delegacia no momento em que a Corregedoria efetuou as prisões.

 

 

— Essa prisão é arbitrária e ilegal — afirmou José Guilherme.

 

Fonte: Jornal Extra

 

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com