Secretário de Saúde discute segurança nas unidades de saúde com presidente da Acasp

Postado em 29/02/2016 17:34

O secretário municipal de saúde, David Maia, recebeu na manhã desta segunda-feira (29), o presidente da Associação Comunitária para Assuntos de Segurança Pública (Acasp), José Levi. A reunião discutiu ações de segurança em unidades de saúde do município. De acordo com levantamento feito da Semusa, somente nos dois primeiros dois meses do ano, já foram registrados roubos na ESF São José, Nova Holanda e Vale do Sol. Furtos também foram verificados nas unidades dos bairros Campina Verde, Tietê e Planalto.

Uma das alternativas para inibir a ação dos criminosos, é incluir as unidades de saúde na “Rede de Vizinhos Protegidos”, coordenada pela Acasp e presente em cerca de 50 bairros, que abrange aproximadamente 10 mil famílias. Nos bairros onde há unidade de saúde e a “Rede de Vizinhos Protegidos” não atue a Semusa deve dialogar com a Secretaria de Educação para debater estratégias de segurança que favoreçam os prédios públicos.

Uma nova rodada de conversa envolvendo os representantes da Diretoria de Atenção a Saúde da Semusa e a Acasp está prevista para acontecer quando será aprofundada a inserção das unidades de saúde dentro da “Rede de Vizinhos Protegidos”. Nas unidades de saúde que estejam mais vulneráveis a Semusa estuda outras formas de ampliar a segurança. Serão consideradas as sugestões dos coordenadores da “Rede de Vizinhos Protegidos” considerando, portanto, a especificidade de cada localidade.

Semusa estuda inserção das unidades de saúde no programa Rede de Vizinhos Protegidos. (Foto: Divulgação)

Semusa estuda inserção das unidades de saúde no programa Rede de Vizinhos Protegidos. (Foto: Divulgação)

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com