Mudanças no Programa Mais Médicos afeta Divinópolis

Postado em 17/11/2018 7:45

O Ministério da Saúde informou ontem (16) que fará ainda este mês a seleção para contratar profissionais brasileiros em substituição aos cubanos que fazem parte do Programa Mais Médicos. Em Divinópolis são 17 profissionais nas unidades de Estratégia de Saúde da Família (ESF) e postos de saúde isso representa 1/5 de todos os médicos atualmente empregados pelo município.

A substituição destes profissionais depende da proposta de edital para preencher 8.332 vagas deixadas pelos cubanos. As medidas são pauta de reunião do governo brasileiro com representantes da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas).

A expectativa do ministério da saúde é que os médicos brasileiros selecionados nesta nova etapa comecem a trabalhar nos municípios imediatamente após a seleção, o que deve ocorrer ainda este ano.

De acordo com dados da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), Divinópolis conta, atualmente, com 91 profissionais que atendem em 32 ESFs e em 11 unidades tradicionais de atendimento. Os 17 médicos do programa representam 1/5 do quadro de médicos da cidade.

A saúde pública, em Divinópolis passa por dificuldades financeiras devido aos atrasos de repasses por parte do Governo do Estado e a saída dos médicos cubanos afeta diretamente a saúde local, pois os cortes que serão realizados impactam nos atendimentos na atenção básica do Sistema Único de Saúde (SUS).

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com