Mortes por febre amarela chegam a 15 em Minas Gerais

Postado em 17/01/2018 15:24

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) divulgou um novo boletim epidemiológico com os casos de febre amarela em Minas Gerais nesta quarta-feira (17). No comparativo com o último boletim, divulgado no dia 10, o número de casos confirmados subiu de 7 para 22. Sete pacientes conseguiram se curar da doença.

O número de mortes também aumentou, de 6 para 15. De acordo com a secretaria, 40 casos foram descartados (dois a mais que no boletim anterior) e 46 estão em investigação (no último boletim, eram apenas 10). Entre os casos investigados estão três na regional de Divinópolis (um em Itatiaiuçu e dois em Itaúna).

Dos 22 casos confirmados, 95,5% das vítimas são homens (21) e 4,5% mulheres (1). Segundo a SES, não há relato de que as pessoas com casos confirmados tenham se vacinado contra a Febre Amarela. A média de idade subiu na comparação com o último boletim.

No dia 10, a média de idade era de 41 anos. Agora, a média de idade nos casos confirmados é de 45 anos (faixa etária entre 31 e 69 anos). A letalidade da febre amarela também caiu, de 85,7% no boletim da última quarta-feira (10) para 68,2%.

Sobre casos de macacos mortos com diagnósticos de febre amarela, a secretaria informou que houve confirmação da circulação do vírus em 30 municípios. Pela regional de Divinópolis, um caso foi registrado em Itatiaiuçu, neste mês de janeiro. A SES investiga óbitos de primatas em outros 44 municípios e em outros 87, não houve coleta de amostra.

Pela Gerência Regional de Saúde de Divinópolis (GRS), uma morte foi registrada no município de Carmo da Mata. Um homem de 36 anos faleceu no dia 3 de janeiro, mas foi confirmada no dia 9, após um exame realizado pela Fundação Ezequiel Dias.

No município a vacinação foi intensificada, inclusive com um esquema especial de atendimento aos trabalhadores que não teriam tempo de se vacinar durante o horário normal de funcionamento. De acordo com a Prefeitura de Carmo da Mata, mais de 900 doses já foram aplicadas.

Segundo a SES, a cobertura vacinal acumulada nos últimos 10 anos (2007-2017) na regional de Divinópolis é de 85,09%, acima do índice estadual, de 81,89%.

Orientações para a vacinação de febre amarela:

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com