Publicidade

Hospital São João de Deus recebe medicamentos para compor kit entubação

Postado em 10/06/2021 18:37

O Complexo de Saúde São João de Deus vai receber do governo do estado cerca de 2900 doses do medicamento diazepam, para o tratamento da Covid-19. Os medicamentos fazem parte de aquisições da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) para compor os kits intubação utilizados na rede hospitalar. 

Pelo menos 79 hospitais que se encontram com níveis de disponibilidade dos medicamentos considerados críticos podem, nesta semana, retirar insumos essenciais para a sedação dos pacientes em tratamento da covid-19 no almoxarifado da SES-MG.

Advertisement

Os itens adquiridos pelo Governo de Minas são suficientes para cobertura de três dias. Estão disponíveis 74.250 unidades do remédio diazepam. 

A SES-MG disse que todas as 14 macrorregiões do estado irão receber os insumos em 70 cidades. Na macro Centro serão 14 hospitais; na Sul, 13; na Norte e Oeste, oito; na Centro-Sul, seis; na Sudeste, cinco; nas macros Noroeste, Triângulo do Norte e Triângulo do Sul, quatro; Leste, Leste do Sul e Nordeste, três; e nas macros Jequitinhonha e Vale do Aço, duas unidades hospitalares.
 

Monitoramento

A SES-MG, juntamente com o Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Minas Gerais (Cosems-MG), faz o levantamento periódico dos quantitativos dos prestadores e fornecedores de medicamentos e insumos das unidades hospitalares. Também é monitorado o abastecimento de fármacos nas redes públicas e privadas de assistência médico-hospitalar, que devem informar regularmente à SES-MG sobre estoques disponíveis de medicamentos e insumos.

O monitoramento é feito a partir da autodeclaração e preenchimento de formulário. Assim que cada remessa chega ao estado, o resultado do monitoramento semanal é analisado para distribuição aos hospitais em situação mais crítica e conforme disponibilidade do estoque. A sugestão de distribuição é validada junto a uma comissão da SES-MG e do Cosems-MG. 

Vejas as Unidades da região Oeste que receberão medicamentos:

InstituiçãoMunicípioMacrorregião de saúdeEnvio de no mínimo 3 dias de coertura por leito de VM em conversão para insituições com menos de sete dias –  Fator embalagem 50
FUNDAÇÃO SÃO CARLOSLagoa da PrataOESTE300
Santa Casa de Misericórdia de Santo Antônio do Monte Santo Antônio do MonteOESTE850
HOSPITAL DE CAMPANHA COVIDFormigaOESTE2900
Irmandade Nossa Senhora da Conceição de Pará de MinasPará de MinasOESTE1450
Fundação Geraldo CorreaDivinópolisOESTE2900
Fundação Hospitalar São Vicente de PaulaNova SerranaOESTE500
Santa Casa de Misericórdia Dr. ZacariasDores do IndaiáOESTE450
Casa de Caridade Manoel Gonçalves de Sousa MoreiraItaúnaOESTE1450

 

UPA

Nesta semana, a Comissão de Saúde da Câmara de Divinópolis apontou falta de medicamentos do Kit Entubação na UPA Padre Roberto e no Hospital de Campanha.

A denúncia partiu de funcionários da UPA Padre Roberto e foi oficializada pela Comissão de Saúde, que tem o vereador Zé Bráz (PV) como presidente. Ele disse que alguns medicamentos que são usados para intubação e sedação estão com estoque zerado. 

Sem o kit intubação, as equipes estão usando medicamentos alternativos, porém que pode colocar em risco os pacientes. Procedex, Prometazina, Haloperidol e Clonazepam são os remédios alternativos. Esses medicamentos, segundo o relatório da comissão, são, respectivamente, ansiolítico/sedativo/analgésico, anti-histamínico, neuroléptico e benzodiazepina. A UPA, no entanto, não foi citada pela SES-MG, para receber os medicamentos.

 

Relembre o caso:

Presidente da Comissão de Saúde da Câmara pronuncia sobre denúncia de medicamentos alternativos para intubação na UPA

 

“Solução de imediato é tentar a transferência dos pacientes”, diz representantes da UPA, que afirma não conseguir cumprir prazos estabelecidos

Prefeitura explica fiscalização da Vigilância na UPA após denúncia de medicamentos alternativos para intubação

Vigilância Sanitária oficializa CRM para fins de apuração da substituição de remédios na UPA Padre Padre Roberto

 

 

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!