Auxílio emergencial: Veja para quando está previsto o novo calendário da terceira parcela

Postado em 27/05/2020 19:36

Mesmo com a liberação da segunda parcela do auxílio emergencial, o calendário de pagamento da terceira parcela de R$ 600,00 segue sem definição. Inicialmente, os pagamentos aconteceriam entre os dias 26 e 29 de maio. Porém, houve atrasos.

A portaria publicada pelo governo no dia 15 de maio definiu apenas o calendário da segunda rodada de repasses para quem recebeu a primeira até 30 de abril. Os pagamentos começaram no dia 18 de maio aos beneficiários do Bolsa Família e no dia 20 de maio para inscritos do Cadastro Único (CadÚnico), site ou aplicativo.

Também foi divulgado recentemente o calendário de pagamento da primeira parcela ao novo grupo de aprovados. O cronograma, que utiliza como critério o mês de nascimento do trabalhador, teve início no dia 19 de maio.

Mudanças no recebimento da segunda parcela

De acordo com a Caixa, o pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial será feito exclusivamente via poupança digital. A regra se aplica a todos os beneficiários, incluindo aqueles que receberam a primeira em uma conta de outro banco indicada durante o cadastro.

Inicialmente, os recursos podem ser utilizados apenas por meio do aplicativo Caixa Tem no pagamento de contas, boletos e em operações com o cartão de débito virtual.

Somente a partir do dia 30 de maio é que a Caixa permitirá transferências e saques por meio de outros canais. Confira o calendário:

Primeira parcela aos aprovados é liberada

Recém aprovados no auxílio emergencial já começaram a receber as quantias referentes à primeira parcela do benefício. Os depósitos acontecem em contas da Caixa, poupança digital ou em contas de outros bancos.

Além disso, esses beneficiários também podem, a partir da data de liberação, sacar o valor em espécie. Confira o calendário abaixo dos repasses:

  • 19 de maio (terça): nascidos em janeiro;
  • 20 de maio (quarta): nascidos em fevereiro;
  • 21 de maio (quinta): nascidos em março;
  • 22 de maio (sexta): nascidos em abril;
  • 23 de maio (sábado): nascidos em maio, junho ou julho;
  • 25 de maio (segunda): nascidos em agosto;
  • 26 de maio (terça): nascidos em setembro;
  • 27 de maio (quarta): nascidos em outubro;
  • 28 de maio (quinta): nascidos em novembro; e
  • 29 de maio (sexta): nascidos em dezembro.

Ao grupo, o governo não informou quando irá pagar a segunda parcela. A previsão é que o novo calendário seja liberado juntamente com o cronograma da terceira parcela do benefício.

Veja também
Publicidade
Noticias relevantes:
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
error: Este conteúdo é protegido!