Publicidade

Roger Waters critica show humanitário pela Venezuela

Postado em 20/02/2019 17:28
Publicidade

O músico Roger Waters, um dos cofundadores da banda Pink Floyd, criticou o show humanitário em prol das pessoas em necessidade extrema na Venezuela.

O evento Venezuela Aid Live ocorrerá na fronteira entre Colômbia e Venezuela. Os shows arrecadarão dinheiro, alimentos e itens básicos para venezuelanos em miséria.

O cantor de reggaeton venezuelano Nacho, os espanhóis Alejandro Sanz e Miguel Bosé, os colombianos Carlos Vives e Juanes e o britânico Peter Gabriel, entre outros, oferecerão um concerto em 22 de fevereiro na cidade colombiana de Cúcuta. O iniciador da ideia é Richard Branson, o bilionário fundador do grupo Virgin.

“Não tem nada a ver com ajuda humanitária”, disse Waters, de 75 anos. “Tem a ver com Richard Branson… acreditando nos Estados Unidos dizendo ‘decidimos tomar a Venezuela, seja quais forem os nossos motivos'”.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!