Publicidade

Um homem de 41 anos foi preso, após tentar matar a mulher e 2 filhos, porque ela não queira fritar torresmo

Postado em 28/07/2021 11:41

Um homem de 41 anos foi preso na madrugada desta terça-feira (27) em Igarapé, região metropolitana de Belo Horizonte, após ter agredido, ameaçado de morte e tentado matar a mulher, de 42 anos, e os filhos dela, de 5 anos, do qual ele é pai, e 18 anos. A violência começou por volta das 20h dessa segunda-feira (26), quando a esposa chegou em casa depois de retornar da academia.

 

O marido dela estava bêbado, ainda consumindo álcool, e pediu para que fritasse um torresmo para ele. A mulher disse que estava cansada e se negou a fazê-lo. Com a recusa, o homem, que estava no quarto do casal, começou a xingar a mulher de “vagabunda e piranha” e afirmou que “o negócio é só ficar na academia de ginástica”, alegando que ela não o queria servir.

Advertisement

 

Em meio ao confronto, a mulher pegou o filho mais novo, de 5 anos, que dormia no cômodo, e o levou para o quarto dele. O marido foi atrás dela, jogou no chão uma coberta que cobria o menino e disse que a criança “fingia dormir” para que ele e a esposa não “conversassem”. Nesse momento, ele pediu para que a mulher bebesse com ele, o que também foi negado pela vítima.

 

Furioso, o homem tomou o celular da esposa e ameaçou quebrá-lo. Assustada, a mulher tentou ligar para a Polícia Militar, mas foi impedida pelo marido, que a enforcou durante o atendimento. As ameaças começaram a escalar e o autor do crime alegou que, se a esposa chamasse o filho mais velho, de 18 anos, ele “seria o primeiro a morrer”.

 

Com os gritos, a criança que dormia acordou e passava mal, com ânsia de vômito. A vítima levou o filho até o banheiro e começou a cuidar dele. Enquanto isso, o agressor se armou com uma faca e tentou atingir a mulher com o objeto. Ele errou o golpe, e a arma branca atingiu a porta. O homem disse que faria o mesmo com a esposa e os filhos. Ela o questionou sobre a criança, e ele continuou a ameaçando de morte. “Vou matar ele também”, declarou.

 

A mulher esperou até que o marido se distraísse e, com o filho mais novo nos braços, correu até o quarto do mais velho. Ela pediu para que ele trancasse a porta e explicou o que estava acontecendo. O jovem ligou para a polícia e, irado, o padrasto ficou batendo na porta, inclusive com a faca, replicando as ameaças.

 

Policiais militares chegaram até o local, mas não foram atendidos pelo agressor. Após diversas tentativas, a central de atendimento da corporação entrou em contato com a mulher, que autorizou que a porta da casa fosse arrombada. Assim que entraram no imóvel, os agentes imobilizaram o homem e o algemaram. Ele foi preso em flagrante e encaminhado à Delegacia de Plantão de Betim. A vítima sofreu lesões na mão direita, mas não precisou de atendimento médico imediato. O homem está à disposição da Justiça.

 

Por O Tempo

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!