Sepultado o corpo da professora de Pará de Minas assassinada em Pequi; acusado é preso - Portal MPA

Publicidade

Sepultado o corpo da professora de Pará de Minas assassinada em Pequi; acusado é preso

Postado em 19/06/2022 6:54
Publicidade

Pequi: Sepultado o corpo da professora assassinada pelo ex-marido; confira entrevista do Delegado

Pequi: Sepultado o corpo da professora assassinada pelo ex-marido; confira entrevista do Delegado

Após o fim dos exames  realizados pela Polícia Civil de Minas Gerais, no Instituto Médico Legal (IML) Doutor André Roquette, em Belo Horizonte, o corpo da professora da cidade de Pará de Minas, Gilmara Cristina Mendonça, de 45 anos, encontrado carbonizado no dia 16 de maio em um matagal na cidade de Pequi, finalmente foi sepultado na tarde de quinta-feira 16/6, no Cemitério Santo Antônio de Pará de Minas.

O velório teve início por volta das 15h30 e o sepultamento foi realizado às 17h, sob comoção de familiares e amigos da professora, presentes no cemitério municipal. Agora, entes queridos de Gilmara imploram por Justiça contra o acusado do assassinato dela.

Até o momento, o principal suspeito é o ex companheiro dela de 38 anos, preso em um hotel no centro de São Paulo, em uma operação realizada pela Polícia Civil.

A vítima estava desaparecida desde o dia 7 de maio, quando os trabalhos investigativos começaram. Cerca de uma semana depois do desaparecimento da mulher, um corpo carbonizado, sem identificação, foi encontrado na cidade vizinha de Pequi.

O suspeito, de 38 anos, foi encaminhado a uma delegacia no centro de São Paulo para a formalização do cumprimento da prisão, onde ele será ouvido e posteriormente levado ao sistema prisional. A Polícia Civil informou que posteriormente vai convocar a imprensa para repassar detalhes sobre o depoimento do homem. Relembre entrevista do delegado de Pará de Minas sobre o casos:

PC prende homem em hotel de SP, acusado de feminicídio em Pequi MG