Queimada provoca interrupção de energia em cinco municípios do Leste de Minas

Postado em 13/09/2019 16:37

Uma queimada provocou, na manhã desta sexta-feira (13/9), a interrupção no fornecimento de energia para os municípios de Aimorés, Resplendor, Itueta, Santa Rita do Itueto e Cuparaque, no Leste de Minas. Equipes da Cemig localizaram, na zona rural de Resplendor, uma torre de linha de distribuição destruída por uma queimada e que já está sendo substituída. As cidades de Santa Rita do Itueto e Cuparaque já tiveram o fornecimento normalizado, e a previsão de restabelecimento de todos os consumidores afetados entre 17 e 18 horas desta sexta.

Levantamento realizado pela companhia apontou que, apenas no ano passado, mais de 100 mil clientes tiveram o fornecimento de energia afetado por incêndios. Ao todo, foram cerca de 250 ocorrências de interrupção de energia, a maior parte delas na região Norte de Minas. Para evitar e minimizar possíveis danos provocados pelo fogo, a Cemig realiza ações preventivas, investindo na limpeza de faixas de servidão, com poda de árvores e arbustos e remoção da vegetação ao redor dos postes e torres. A companhia também realiza inspeções em suas linhas de transmissão.

A empresa também lançou, este ano, uma campanha de prevenção de queimadas próximas às linhas de transmissão. As ações de conscientização previstas na campanha deste ano – com o tema “Queimadas: você pode evitar” – incluem a divulgação em TV, rádio e redes sociais, anúncios em jornal, outdoors e backbus, além de realização de palestras para a população.

As queimadas podem provocar danos aos postes e cabos condutores, sendo necessário substituir equipamentos, o que provoca a demora na religação dos circuitos atingidos. De acordo com Césio Lima, engenheiro de manutenção da transmissão da Cemig, há ainda o risco de curtos circuitos, causados pelo aquecimento das proximidades dos cabos condutores. “Curtos circuitos decorrentes da ionização do ar devido ao aquecimento e fumaça provenientes de incêndio podem levar ao desligamento de linhas e subestações”, explica o engenheiro.

Além dos danos ao setor elétrico, as queimadas prejudicam a segurança dos motoristas, que têm a visibilidade das pistas comprometida e, no ambiente rural, reduzem a produtividade nas áreas de cultivo. Entre os problemas ambientais, vale destacar o impacto na fauna, já que queimadas florestais destroem o habitat natural e provocam a morte de animais.

Fonte: AMIRT

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: Este conteúdo é protegido!