fbpx
Pular para o conteúdo
  • Home
  • Notícias
  • Dengue: Prefeitura de Pitangui decreta situação de emergência

Dengue: Prefeitura de Pitangui decreta situação de emergência

Image
Foto Prefeitura Pitangui- assessoria

Foto Prefeitura Pitangui- assessoria

A prefeita de Pitangui, Maria Lúcia Cardoso, sancionou o Decreto Municipal 784/2023 que declara situação de emergência em Saúde Pública no município em razão do surto de doenças Infecciosas causadas pelo aedes aegypti (dengue e chikungunya).

           O Decreto que determina a SITUAÇÃO DE EMERGÊNICIA em Saúde Pública tem um prazo de duração de 90 dias. E, na prática, autoriza a Prefeitura de Pitangui a adotar uma série de ações emergenciais para conter o avanço da dengue.

 Assim, a Prefeitura de Pitangui fica autorizada a adotar as medidas administrativas e assistenciais necessárias para conter o surto. Podendo, para isso, fazer a aquisição pública de insumos e materiais; bem como realizar a contratação de recursos humanos e serviços estritamente necessários ao atendimento a situação emergencial, de acordo com o que determina a Lei Federal nº 8.666, de 21 de junho de 1,993.

Ao longo de 2022, de acordo com o Levantamento Rápido de Índices para Aedes -LIRAa realizado na cidade, Pitangui estava numa situação de Baixo Risco para proliferação do aedes aegypti. De acordo com o Ministério da Saúde o índice caracteriza-se de Baixo Risco quando está abaixo de 1%. Em julho ele foi de 0,5% e em outubro de 0,8%.No primeiro LIRAarealizdo em 2023 Pitangui seguiu a tendência de alta verificada na região Centro-Oeste e em outras localidades de Minas e apresentou um índice de6,1 % para incidência do aedes.

Desde o início de janeiro a Prefeitura de Pitangui tem intensificado o combate ao mosquito aedes aegypti. Os Agentes de Combate a Endemias reforçam as visitas nas residências, orientando a população a eliminar possíveis criadouros do aedes. Campanhas informativas também acontecem nas rádios e redes sociais, assim como blitz educativa.

A mais recente abordagem no combate ao aedes na cidade é a utilização da bomba costal. Agentes de Combate a Endemias percorrem todas as regiões e borrifam, nos imóveis, produto para eliminar o mosquito adulto. Essa estratégia de combate ao aedes é utilizada de forma emergencial e não substitui a eliminação, manual e regular, de tudo que possa acumular água parada, dentro e fora da sua casa, e que possa servir de criadouro para o aedes.

Na avaliação da saúde de Pitangui, é necessário o engajamento da população para conter o avanço das doenças provocadas pelo aedes aegypti.

Em Divinópolis:

A Prefeitura de Divinópolis, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), apresentou ontem (15), o balanço dos casos de dengue no município:

Casos notificados: 1.126
Casos confirmados: 638
Hospitalizações: 48
Óbitos: 0 
 
Bairros com casos confirmados:
Santa Rosa: 124
Centro: 39
Interlagos: 24
Belvedere: 23
Sagrada Família: 23
Nações: 17
Planalto: 17
Paraíso: 16
Dona Rosa: 15
São José: 14

Os dados são referentes ao período de 1 de janeiro a 14 de março de 2023.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

0
Would love your thoughts, please comment.x