Publicidade

Operação Fronteiras e Divisas Integradas I prende quase 3 mil pessoas

Postado em 06/10/2021 7:42

Operação Fronteiras e Divisas Integradas I prende quase 3 mil pessoas

Foto: Divulgação Sejusp/Operação Fronteiras e Divisas Integradas I prende quase 3 mil pessoas

A Operação Fronteiras e Divisas Integradas I, reuniu as forças de segurança dos estados de Minas Gerais, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Paraná e Rio de Janeiro, agentes federais e estaduais de diferentes instituições. A operação resultou na detenção de 2.975 pessoas e apreensão de mais de 55,8 toneladas de drogas nos cinco estados.

O objetivo da operação foi reforçar o combate ao crime. Somente no território mineiro, entre os dias 20 de setembro e 3 de outubro, foram fiscalizados 3.318 veículos, resultando na apreensão de 14 armas de fogo, 192 munições, 72 veículos e mais de 170 quilos de drogas. Além disso, três veículos roubados foram recuperados, 43 prisões foram realizadas e um adolescente apreendido.

Na tarde de terça-feira (5/10), durante a reunião para a apresentação dos resultados, o secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública de Minas Gerais, Rogério Greco, salientou a importância que o Estado vem dando para operações integradas na repressão e no combate ao crime.

Advertisement

“Queria agradecer aqui a oportunidade de Minas Gerais participar mais uma vez dessas operações integradas. Minas faz parte deste projeto e é um ideal nosso que essas operações aconteçam, cada vez mais, com mais frequência. Nós temos feito isso não só com outros estados, mas internamente com a integração das nossas forças de segurança estaduais, como a Polícia Civil, Polícia Militar, Polícia Penal, Corpo de Bombeiros e Agentes de Segurança Socioeducativo, além da Polícia Rodoviária Federal e Polícia Federal. Contem sempre com o nosso apoio e parceria”, ressaltou o chefe da pasta.

Resultados gerais

Ao todo, como resultado das atividades nos cinco estados, foram presos 2.786 adultos e apreendidos 189 adolescentes, bem como foram recolhidos 55.891 quilos de drogas, 424 armas de fogo ilegais, 687 celulares e cerca de 2,8 milhões de maços de cigarros. Ao longo das atividades também foram recuperados 487 veículos produtos de roubo ou furto e apreendidos outros 1.472 que estavam com irregularidades.

“A operação Fronteiras e Divisas Integradas compõe um rol de operações que a Polícia Militar de Minas Gerais faz questão de participar para tornar o estado cada vez melhor para se viver. Esses números traduzem o porquê Minas Gerais vem se tornando o estado mais seguro do país. Vale ressaltar que a instituição continuará trabalhando arduamente para que o mineiro possa, a cada dia, ter mais tranquilidade”, destacou o chefe do Estado-Maior da PMMG, Coronel Eduardo Felisberto Alves.

Integração

Policiais civis, militares, penais e técnico-científicos, além agentes socioeducativos dos cinco estados e integrantes da Marinha do Brasil, do Exército Brasileiro, da Polícia Federal, da Polícia Rodoviária Federal e da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) participaram das atividades ao longo de todas as etapas da operação.

Como um dos focos da Operação era combater crimes transnacionais, como o contrabando e o descaminho, representantes das secretarias estaduais de Fazenda e da Receita Federal também colaboraram com as fiscalizações.

As ações preventivas, ostensivas e para cumprimento de mandados judiciais ocorreram ao longo das divisas das unidades federativas e das fronteiras com a Bolívia e o Paraguai. Ainda foram realizadas ações em portos, aeroportos internacionais em praticamente todo o território dos estados envolvidos.

 

Com informações Ascom SSP-SP/Ascom Sejusp

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade