Publicidade

Detentos de Lavras criam casinhas de animais para ajudar ONG

Postado em 23/01/2021 9:00

A entidade atende mais de 140 animais e precisa de ajuda para mantê-la ativa

Detentos do presídio de Lavras, no Sul de Minas Gerais, estão participando de um projeto que visa construir casas de madeira para animais. A iniciativa é decorrente do sucesso que foi o último projeto, no ano passado, no qual eles criaram brinquedos para os seus próprios filhos.

O diretor do presídio, Evandro Meireles, contou que o projeto dos brinquedos ocorreu no Natal de 2021 e que os detentos ultrapassaram a meta inicial. Os brinquedos que sobraram foram doados para orfanatos e outras entidades.

Advertisement

O novo projeto está sendo pensado e elaborado pelos próprios presos. São eles quem constroem, envernizam, pintam e decoram cada uma das casinhas. A meta do grupo é produzir pelo menos 20 casas. Depois de finalizadas, elas serão doadas para uma ONG da cidade, que atende mais de 140 animais.

O intuito é que a entidade faça rifa com as casinhas e invista o dinheiro arrecadado na compra de ração, que é de suma importância no abrigo. Os profissionais da ONG contaram que, por dia, eles gastam cerca de cinco sacos de ração de 15 kg. O preço de cada saco é de aproximadamente R$ 60.

Atividades no presídio

As atividades no presídio convertem três dias trabalhados em um dia a menos na pena. Ainda segundo o diretor da penitenciária, além da redução, os detentos podem sair de suas celas para ocupar a mente, ajudar a família e ainda se capacitar.

Quatro detentos estão participando do projeto das casinhas. Eles já entregaram três para a entidade e outras cinco estão sendo produzidas. Outros dez presos trabalham em empresas. Um deles exerce atividades diretamente com a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

O presídio de Lavras conta, atualmente, com 196 detentos. Os que mostrarem bom comportamento ganham a chance trabalhar fora das celas. No próximo projeto do local, os presos vão construir objetos que podem ser utilizados em asilos da cidade.

Foto: Sejusp / Divulgação

Postado originalmente por: Portal AMIRT

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!