Denúncias apresentadas na Câmara é uma forma de antecipar as eleições acusa o prefeito

Postado em 09/09/2019 10:37

“Nunca tive dúvida que a denúncia seria arquivada”. O prefeito Galileu Machado usou esta frase para falar sobre a votação da denúncia na Câmara Municipal de Divinópolis. Com a votação da última sexta-feira, 06, se contabilizou o arquivamento de três denúncias contra o chefe do executivo no atual mandato.

Durante entrevista ao programa Bom Dia Divinópolis da Rádio Minas FM Galileu disse que a denúncia foi mais um episódio de cunho político. O prefeito acusou os envolvidos no processo de quererem antecipar as eleições do próximo ano. Ele disse ainda que foi eleito pela população de Divinópolis nas urnas e fará com responsabilidade a gestão até o último ano do mandato.

Os vereadores rejeitaram durante a reunião extraordinária, o pedido de impeachment do prefeito Galileu Teixeira Machado (MDB). Os parlamentares votaram pela absolvição e arquivamento das três denúncias. A Comissão Processante apresentou o relatório que apontou pelo não-cometimento de infração. No plenário os vereadores deveriam arquivar a denúncia ou abrir o processo de cassação. Eram necessários 2/3 do plenário para o pedido de impeachment, ou seja, 12 votos favoráveis. As 3 denúncias foram votadas de forma nominal e separadas e rejeitadas.

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com