Publicidade

Barragem de Itapecerica volta aparecer na lista de alto risco

Postado em 17/02/2019 8:34

Uma das consequências do rompimento da barragem da Valle em Brumadinho é a releitura de dados e novas fiscalizações em outras barragens, a situação já aplicada em Barão de Cocais, Itatiauçu e Nova Lima, onde moradores das vilas na rota de um possível rompimento, já foram retirados de suas casas. Na região centro oeste a barragem B4, da Nacional de Grafite, em Itapecerica ainda não saiu da lista de alto risco, embora a empresa já tenha se pronunciado e garantido a segurança.

No que depender da Agência Nacional de Mineração (ANM) deve ser executada uma resolução para encerrar as atividades das barragens denominadas “a montante” até 15 de agosto 2021. Há 84 barragens desta modalidade em funcionamento no país, das quais 43 são classificadas de “alto dano potencial”: quando há risco de rompimento com ameaça a vidas e prejuízos econômicos e ambientais.

A agência recomenda que a resolução seja publicada de forma imediata “desde que  possível e viável juridicamente”. “A ANM propõe algumas medidas que salvaguardarão a sociedade brasileira de possíveis rupturas destas estruturas, permitindo que a mineração continue tendo um papel vital para o desenvolvimento da sociedade e de tantos municípios mineradores que possuímos no país”, diz em nota técnica.

A nota técnica da ANM foi divulgada na noite de sexta-feira (15) e uma resolução é aguardada no Diário Oficial da União.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!