Publicidade

Recadastramento para as pessoas com deficiência deve ser facultativo afirma Settrans

Postado em 20/02/2019 8:06

O recadastramento para as pessoas com deficiência que possuem o cartão vale-transporte sem acompanhante para usar toda a estrutura do transporte coletivo termina em 1º de março.  Desde 12 de fevereiro, o recadastramento pode ser realizado.

A mudança vai possibilitar ao usuário adquirir o cartão eletrônico para passar pela roleta sem nenhum custo. Mas eles não poderão ser obrigados a ultrapassar a roleta. “Não é obrigatório realizar o recadastramento, e sim facultativo. Desde que a pessoa com deficiência o queira, e suas condições lhe permitam passar pela roleta. Segundo algumas deficiências, não é possível transpor a roleta, e a pessoa precisa ficar nos bancos da frente”, afirmou o gerente de Operação e Fiscalização de Transporte, Lucas Gustavo Resende. Após a passagem pela roleta, serão cinco bancos destinados às pessoas com deficiência.

De acordo com a Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (Settrans), o interessado pode realizar o recadastramento na Rua Nossa Senhora das Graças, 281, Manoel Valinhas. O horário é das 8 às 12 e das 13 às 17 horas.

Os documentos necessários para conseguir o cartão eletrônico de passe livre, documento de identidade, CPF e comprovante de endereço. Outras informações podem ser obtidas na Secretaria de Trânsito ligando-se em 3222-1102.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!