Raimundo Cândido vai comandar a OAB/MG pela quinta vez

Postado em 25/11/2018 10:20

Raimundo Cândido vai comandar a OAB/MG pela quinta vez

Foto: OAB/MG

Além da escolha dos presidentes das subseções, os advogados mineiros também elegeram o comandante da seção estadual da Ordem dos Advogados do Brasil.

A eleição deste sábado (24), foi considerada a mais disputada da história, que terminou com a vitória do advogado Raimundo Cândido Júnior. Raimundinho teve pouco mais de 35% dos votos.

Na eleição mais disputada da história da seccional mineira, a chapa OAB Mais Forte, presidida pelo advogado Raimundo Cândido Júnior, foi eleita para assumir a diretoria da Ordem dos Advogados do Brasil – seção Minas Gerais para o triênio 2019/2021, com pouco mais de 35% dos votos válidos. Sérgio Murilo Diniz Braga teve 34,88% e ficou com a segunda posição, com cerca de 100 votos a menos do candidato eleito. A terceira colocação ficou com 30,3%, de Sérgio Leonardo.  

Participaram do processo eleitoral para a diretoria da OAB Minas cerca de 50 mil advogados mineiros. No interior, 312 chapas concorreram à direção da OAB nas subseções.

Raimundo Cândido Júnior, natural de Belo Horizonte, tem 67 anos e é advogado militante há 44 anos. Atua nas áreas de direito civil e processual civil e é formado pela Universidade Federal de Minas Gerais em 1974.

Este será o quinto mandato de Raimundinho a frente da Ordem que presidiu a seccional mineira por quatro vezes (1993/1994, 1995/1997, 2004/2006 e 2007/2009), além de ter sido conselheiro seccional (gestão 1989/1990 e 1991/1992); conselheiro federal (1998/2000 e 2010/2012) e é conselheiro nato da OAB Minas.

O vice-presidente da OAB Federal e ex-presidente da seccional mineira, Luís Cláudio Chaves, assume a presidência da Caixa de Assistência dos Advogados e o atual presidente da OAB Minas, Antônio Fabrício Gonçalves, foi eleito titular no Conselho Federal.

Também foram a diretoria: Helena Delamonica (vice-presidente); Adriano Cardoso (secretário-geral); Valquíria Valadão (secretária-geral adjunta) e Alexandre Figueiredo Urbano (tesoureiro), Fabrício Souza Cruz Almeida (tesoureiro adjunto) e Marco Antônio Oliveira Freitas (diretor institucional).

Divinópolis

Em Divinópolis, a eleição foi disputada por duas chapas. A primeira, encabeçada por Manoel Brandão, denominada “Renovação – Compromisso com a advocacia”. A segunda chapa, “Somos OAB”, era liderada por Carlos Alberto Faustino, que buscava a reeleição.

O processo eleitoral em Divinópolis teve 823 votantes e 292 ausentes, sendo 64,16%  (528 votos) dos votos válidos para a chapa Renovação, de Manoel Brandão. A chapa do atual presidente Carlos Alberto Faustino, teve 35,84% (295) dos votos. O pleito ainda registrou 11 votos brancos e 16 votos nulos.

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Real Time Web Analytics