Publicidade

Prefeitura defende georeferenciamento e apresenta os próximos passos do projeto

Postado em 27/02/2019 10:50

A prefeitura fez hoje a defesa do projeto do georeferenciamento aprovado pela Câmara. A proposta votada pelos vereadores autoriza o governo a contratar um empréstimo para pagar pelo serviço. A regularização do cadastro é uma forma de atualizar as distorções na planta do IPTU.

O valor para contratação do serviço conforme previsto no edital é de aproximadamente 5 milhões de reais. Segundo o diretor de comunicação da prefeitura Evandro Araujo os benefícios gerados pelo projeto como o aumento da receita será suficiente para o pagamento do empréstimo que será parcelado.

Outro ponto colocado pelo governo foi à importância do projeto. Os dados que serão levantados através do mapeamento 3D passarão a ser fonte de informação para ações de mobilidade urbana, segurança e gestão. O serviço de georeferenciamento tem previsão de ser executado ao longo de todo o ano de 2019.

Advertisement

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade