Relatório Preliminar da CPI dos Áudios é apresentado em Plenário

Postado em 01/11/2018 16:48

Durante a Reunião Ordinária desta quinta (01),  o Vereador Renato Ferreira (PSDB), que é o relator da Comissão Parlamentar de Inquérito – CPI, que apura possíveis irregularidades cometidas pelo Prefeito Galileu ao ofertar um cargo para seu ex-aliado, Marcelo Máximo, o Marreco, apresentou um relatório preliminar dos trabalhos. 

O trabalho ficou conhecido como CPI do Áudios, quando Marreco apresentou na Tribuna da Câmara, gravações de conversas telefônicas que teve com Galileu e em uma delas, o mesmo teria lhe oferecido um cargo na prefeitura, no qual ele receberia sem precisar trabalhar.

O relatório preliminar afirma que o apurado até agora indica que houve má interpretação da fala de Galileu. Que o “não precisar trabalhar”, seria no sentido de se tratar de trabalhar em algo que requer menos esforço, como quando dizem no popular que pessoas em escritório não trabalham. No caso de Galileu e Marreco, ele seria um chefe e não precisaria de fazer esforço físico pesado.

O relatório ainda não tratou de outras situações envolvendo as denúncias e é apenas preliminar, mas de certa forma, absolve Galileu.   A mesma denúncia teve um entendimento diferente por parte do Ministério Público que ingressou com ação na Justiça alegando que Galileu tentou comprar o silêncio de Marreco com a oferta do cargo.

Confira trecho do relatório preliminar:

 

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Real Time Web Analytics