Promotor ouve eleitor que afirma que seu voto para presidente não foi computado

Postado em 07/10/2018 15:29

A Polícia foi chamada e até o Promotor de Justiça Marco Antônio Costa compareceu na Seção eleitoral que funciona agência do INSS, em Divinópolis. No local, o promotor ouviu de uma eleitora que seu voto não teria sido computado porque a urna eletrônica apagou depois de ela ter votado para presidente. O promotor explicou o que está ocorrendo e reitera que não há fraude e pediu que as pessoas não espalhem as notícias que circulam na rede e que seriam falsas:

 

 

 

 

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Real Time Web Analytics