Possibilidade de fraude nas urnas eletrônicas vira o foco das eleições 2018

Postado em 29/09/2018 14:57

Possibilidade de fraude nas urnas eletrônicas vira o foco das eleições 2018

A possibilidade de que os resultados das urnas eletrônicas não sejam confiáveis se tornou o centro das atenções nos últimos dias. Declarações polêmicas de José Dirceu e Jair Bolsonaro sobre tomada de poder e fraude nas urnas,  fizeram com que muita gente se assustasse por achar que estava em um processo democrático já consolidado e depois descobrir que na verdade existem dois grupos organizados pra ganhar a qualquer custo.  É como se o time que perdesse a Copa do Mundo fosse lá e roubasse a taça na hora da premiação. 

O argumento de tomar o poder a força independente do resultado das eleições, que é o do ex-presidiário e ex ministro de Lula, José Dirceu, é uma afronta a conquista da Democracia e ao nosso Direito de Escolha. Isto assusta quando se sabe que ele é um dos nomes fortes do PT que tem Fernando Haddad como candidato.  Violar o processo eleitoral é um crime e praticar crime desse tamanho é coisa sim de bandidos organizados.

Por outro lado, temos Jair Bolsonaro questionando a legalidade do processo eleitoral para justificar uma possível não eleição em primeiro turno que todos os institutos de pesquisa dizem que não vai acontecer. Ouvir de grupos e membros de campanha do candidato que estão prontos pra agir que se isto  concretizar é perceber que não estão muito longe das táticas do PT.   Existem sim dúvidas sobre o voto eletrônico, mas também dá pra fraudar o  feito no papel.  Na verdade, no Brasil, eles dão um jeito de fraudar qualquer coisa.

Embora eu discorde do posicionamento de diversos juízes que estão nas esferas superiores, eu acredito muito na honestidade dos que estão na nossa comarca e trabalhando perto da gente. Isto deve ocorrer em várias cidades onde juízes e servidores que tenham má intenção serão barrados pela turma do bem que ainda é muito maior. Isto envolve polícia vigiando, fiscais de partidos e se tem hacker do mal, tem hacker do bem.   

O meu recado no final é sempre o mesmo, torçam menos e pesquisem mais. A maior arma ainda é a informação e no dia da eleição não vote com o coração, vote com a razão. Exercite seu cérebro, não se contente com receitas prontas e jamais aceite que violem a nossa maior conquista que é a Democracia, a de verdade, a que não desmerece tudo o que foi conquistado até agora. Não da pra zerar o Brasil e começar de novo, mas dá pra começar a fazer diferente daqui pra frente, sem ódio e sem armas. 

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Real Time Web Analytics