‘Fake news’, garante TRE sobre vídeos que mostram fotos de presidenciáveis ao apertar o 1

Postado em 07/10/2018 14:54

'Fake news', garante TRE sobre vídeos que mostram fotos de presidenciáveis ao apertar o 1

Fonte:  Rádio Itatiaia

 

Ouvintes da Rádio Itatiaia relatam problemas ao votar no cargo de presidente da República. Conforme as reclamações, ao apertar o número 1 na urna eletrônica já aparece a foto de um candidato. O problema estaria ocorrendo com os candidatos Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT). Vídeos que circulam na internet mostram um eleitor apertando o número 1 e na sequência surge a foto de Fernando Haddad. Segundo o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) Minas, trata-se de mais uma ‘fake news’. 

“Totalmente falsa, é uma fake news. Nós temos, inclusive, um ambiente de votação paralela onde nós simulamos a situação. Vocês estão convidados a participar aqui conosco’, diz a secretária de tecnologia do TRE Minas, Raquel Botelho. 

Mais cedo, o candidato a deputado federal pelo PSL, Eduardo Bolsonaro, filho do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), pediu em suas redes sociais que os eleitores gravem e façam filmes ao vivo de seus locais de votação. “Prezados, em caso de problemas com a urna filmem, de preferência gravem lives e falem o estado, zona e seção onde está ocorrendo o problema”.

Apesar do pedido do político, filmar registrar o voto é crime eleitoral. A lei proíbe que se tire qualquer tipo de foto ou grave vídeos durante a votação, incluindo fotos da urna e selfies na cabine. A lei foi criada com a intenção de se proteger o sigilo do voto, impedindo, por exemplo, que um cidadão tire uma foto para comprovar que votou em determinado candidato. O eleitor que descumprir pode ser preso.

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Real Time Web Analytics