Suspeito de cometer estupro é preso em Nova Serrana - Portal MPA

Publicidade

Suspeito de cometer estupro é preso em Nova Serrana

Postado em 14/09/2021 7:38

Suspeito de cometer estupro é preso em Nova Serrana

Foto: POLICIA CIVIL /Suspeito de cometer estupro é preso em Nova Serrana

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) cumpriu, na noite do último sábado (11/9), mandado de prisão contra um suspeito de estuprar uma mulher de 47 anos, na cidade de Nova Serrana, na região Centro-Oeste do estado. A ação contou com o apoio da Guarda Municipal da cidade.

O crime

No dia 09 de janeiro deste ano, o suspeito, de 32 anos, invadiu uma barraca improvisada com tábuas e lona, onde se encontrava um casal. Mediante ameaças, expulsou o companheiro da mulher, dando início ao estupro. Após nova ameaça, a vítima teria sido levada para outro bairro, onde novamente foi violentada. Somente após um descuido do suspeito, ela conseguiu fugir e pedir socorro. A vítima foi encaminhada para atendimento médico, e os exames confirmaram o crime.

Advertisement

Investigação

A partir de então, a Polícia Civil deu início a investigação, visando identificar e qualificar o suspeito, para depois solicitar sua prisão. Durante as pesquisas, os investigadores descobriram que o suspeito já possuía uma extensa ficha criminal, com passagens por roubo, furto, invasão de domicílio, ameaça e lesão corporal.

De acordo com a delegada responsável pelo caso, Thaís Santos Duarte, “trata-se de um indivíduo de extrema periculosidade, frio e violento, com passagens pelos mais diversos crimes. Esperamos inclusive, que com a sua prisão, possam surgir novas vítimas. Nosso agradecimento especial à Guarda Municipal da cidade, que esteve pronta a nos auxiliar no cumprimento do mandado”.

O suspeito foi conduzido até a delegacia regional de Nova Serrana, e depois encaminhado ao sistema prisional, onde se encontra à disposição da justiça.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!