PM acusado de participação em roubo volta a trabalhar em Divinópolis

Postado em 11/07/2018 21:53

Conforme noticiado pelo Portal MPA em abril de 2018, um sargento da Polícia Militar de Divinópolis foi preso acusado de participação num assalto contra uma joalheria no Centro de Divinópolis. Inicialmente, o policial foi preso numa das celas do 23º Batalhão da Polícia Militar, situado no bairro Afonso Pena.

Três meses após o ocorrido, o acusado responde ao processo em liberdade e ontem (10) foi incorporado às funções do batalhão. Juridicamente, o processo ocorre dentro da lei, uma vez que o policial é um acusado e o julgamento ainda não aconteceu.

De acordo com informações apuradas por nossa equipe de reportagem, o sargento foi colocado para realizar funções burocráticas.

Se condenado, o militar perderá seu posto de trabalho e terá de cumprir a pena em presídio comum.

O Caso

Em 23 de abril de 2018, o sargento W.A.B., de 40 anos de idade, foi acusado de participação num assalto contra uma joalheria no Centro de Divinópolis. O roubo foi praticado pro três marginais armados que subtraíram produtos valiosos num total de cerca de R$70.000,00.

Após rastreamentos, dois acusados foram presos pela Polícia Militar.

Elementos substanciais apontaram a participação do Sargento B. no crime. O homem seria informante dos bandidos, apontando o posicionamento das viaturas e o melhor momento para praticar o roubo.

Relembre o caso clicando aqui.

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Real Time Web Analytics