Mulher que tentou salvar feridos no caso Boeacht ganha financiamento para operação cerebral

Postado em 13/02/2019 19:47

A camelô Leiliane Rafael da Silva, 28, ganhou destaque nacional ao aparecer corajosamente subindo num caminhão esmagado para tentar localizar e salvar vítimas feridas.

A jovem passava pelo rodoanel numa motocicleta quando testemunhou a queda de um helicóptero contra um caminhão. A aeronave era da TV Bandeirantes e transportava o jornalista Ricardo Boechat, que faleceu no acidente.

O ato de bravura foi registrado por vários curiosos que observavam e filmavam Leiliane.

Hoje, a mulher foi surpreendida com uma notícia que mudou sua vida. Portadora de MAV – malformação arteriovenosa caracterizada pela alteração na formação dos vasos sanguíneos no cérebro – a camelô terá suporte financeiro do professor e doutor Feres Chaddad Neto, professor de neurociência da Unifiesp, para realizar a cirurgia.

Doença

A doença neurológica causa náuseas, dores de cabeça e outros transtornos que atrapalham a rotina. Mesmo assim, a mulher mantém sua rotina de trabalho como camelô.

O caso sensibilizou o profissional que viu a coragem de Leiliane e decidiu ajudar.

A cirurgia é complexa e deve ocorrer nas próximas semanas.

 

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios