‘Mulher fica na sanfona para ser sarrada’ , diz homem preso por assédio

Postado em 10/11/2018 12:17

Um homem de 49 anos foi detido pela Polícia Militar no fim da tarde de sexta-feira (9) acusado de assediar pelo menos duas mulheres em ônibus coletivo na Capital Mineira. Ele teria passado as mãos nos seios e nas nádegas das vítimas e proferido palavras de baixo calão. A uma delas, ele teria dito que “mulheres gostam de ficar na sanfona do ônibus para serem sarradas”. Segundo a Polícia Militar, a chamada de assédio veio de dentro do coletivo.

A corporação não informou se operação foi desencadeada após acionamento do botão do assédio. Uma das vítimas, uma vendedora de 30 anos, contou que estava vendendo balas e salgadinhos no interior do coletivo quando o autor se aproximou e perguntou qual seria o valor dos produtos. Ao responder que venderia por R$ 1, a vítima viu o homem oferecer uma nota de R$ 50, momento em que a vendedora disse que não possuía troco.

O autor do assédio, então, teria passado as mãos nos braços e nos seios da mulher dizendo “princesa, quando o ônibus parar, a gente conversa”. Em seguida, após uma freada brusca do ônibus, ele teria dito a ela que se ela caísse, ele a seguraria pelos braços.

A mulher, então, pediu ajuda aos outros passageiros, que seguraram o homem até que a polícia chegasse. No local, uma outra vítima, uma mulher de 35 anos, informou à PM que estava em pé no coletivo quando o homem parou ao seu lado. Logo quando o veículo começou a se deslocar, ele teria passado as mãos nos braços dela, sendo repreendido pela vítima em seguida.

O homem foi preso e encaminhado a delegacia para demais providências.

.

 

Fonte: Jornal O Tempo

.

 

‘Mulher fica na sanfona para ser sarrada’ , diz homem preso por assédio

Imagem Ilustrativa

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Real Time Web Analytics