Publicidade

Mulher é indiciada após denúncias falsas contra ex-companheiro

Postado em 18/12/2020 19:06

 

A Polícia Civil  indiciou uma mulher, de 24 anos, em Carmo do Cajuru, após ela confessar que ter simulado ser vítima de ameaças por parte do ex-companheiro, com quem tem um filho.

Advertisement

Ela foi indiciada pelos crimes de falsidade ideológica, ameaça e denunciação caluniosa. Nessa quinta-feira 17, a polícia realizou buscas na casa da suspeita, na zona rural da cidade. Um celular foi apreendido.

De acordo com os agentes, as investigações iniciaram em setembro deste ano, após a PCMG ter sido procurada pela investigada. Ela alegava ter sofrido várias ameaças de morte do ex-companheiro por meio de um aplicativo de mensagens. Em uma das supostas conversas, ele também teria ameaçado o filho, um bebê de quatro meses, com o compartilhamento de imagens de caixões para criança, armas e munições.

De acordo com o delegado responsável pelo inquérito, Weslley de Castro, as investigações constataram tratar-se de uma fraude, com o objetivo de prejudicar o pai da criança . “A investigada chegou a comprar um chip virgem e o cadastrou em nome do ex-companheiro, quando então passou a mandar mensagens para a linha telefônica dela própria criando as falsas ameaças”, conta.

Segundo a Polícia Civil, a investigada ainda teria ameaçado a atual mulher do ex, que está grávida, bem como o filho que o casal espera.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade
Publicidade
Publicidade
plataforma ead
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!