Publicidade

Festa no Planalto termina em tumulto, agressão e prisões

Postado em 12/07/2020 21:16
Publicidade

Uma festa com aglomeração de pessoas e som alto importou moradores do bairro Planalto ao longo da madrugada de hoje (12) em Divinópolis. Na região da Rua João Moreira, o terraço de um edifício foi o ponto da confraternização.

Diante da perturbação, muitos vizinhos impossibilitados de dormir acionaram a Polícia Militar. A guarnição chegou ao endereço e foi recebida com grosserias e violência.

Um jovem de 23 anos, que se apresentou como responsável pela festa, foi educadamente explicado sobre as normas sanitárias que estava a infringir com a aglomeração, e sobre o crime de perturbação do sossego ali praticado. Porém, o rapaz recusou-se a encerrar a reunião assegurando que todos os participantes estavam a usar máscaras de proteção e álcool em gel nas mãos.

Durante a tentativa de parlamentação da PM, participantes da festa que estavam na cobertura passaram a arremessar do prédio latas de cerveja contra os homens da lei.

Reforços militares foram acionados para intervir contra a atitude criminosa. Policiais foram agredidos e insultados.

Ao total, sete pessoas receberam voz de prisão e foram encaminhadas à delegacia de polícia. Incluindo uma mulher de 44 anos, que também se apresentou como organizadora da reunião.

Os envolvidos prestaram depoimento e poderão arcar com multas por parte da vigilância sanitária, além de sofrerem possíveis consequências jurídicas diante dos crimes de agressão, desacato, desobediência e perturbação do sossego que praticaram.

De acordo com informações obtidas na delegacia de polícia, dos sete conduzidos três foram autuados.

Moradores do bairro Planalto afirmam que festas nos arredores da vizinhança são constantes.

Moro no bairro há 20 anos e estou indignado com o desrespeito que sofro. Sou idoso, sou do grupo de risco nesta pandemia. Essa juventude não respeita o isolamento e perturba o sono de pessoas idosas. Onde está a civilidade e a vergonha na cara?“, desabafou um senhor de 73 anos que procurou nossa equipe de reportagem.

Vigilância Sanitária

Vigilância sanitária e autoridades policiais estão empenhados em fiscalização durante a pandemia de Covid-19 em Divinópolis.

Os órgãos prometem aumentar o rigor e não mais permitir que fatos lamentáveis se repitam no município.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!