Publicidade

Família de Karla suspeita que marido possa ter participação no desaparecimento

Postado em 13/02/2019 17:37
Publicidade

A família da divinopolitana Karla Gonçalves, de 32 anos, segue a procurar pistas de seu paradeiro. Desaparecida desde o dia 6 de janeiro, Karla não foi mais vista na cidade.

Moradora do bairro Alvorada, Karla saiu de casa após uma discussão com seu marido e não mais regressou.

Estranhamente, a mulher não levou consigo malas e pertences. O filho do casal, um bebê de um ano de idade, ficou com o pai.

A família de Karla Gonçalves é de Nova Ponte, cidade do Triângulo Mineiro. Há mais de um mês, familiares fazem buscas e pedem socorro aos divinopolitanos. Até o momento, nenhuma informação levou ao seu paradeiro.

Suspeitas

Familiares suspeitam que o marido de Karla possa ter relação direta com o misterioso sumiço da mulher.

Dias após o desaparecimento, parentes dela vieram à Divinópolis e buscaram o bebê, que foi levado à Ponte Nova sem nenhuma objeção do pai.

Testemunhas afirmam que o homem apresenta comportamento suspeito e agressivo. Familiares alegam que durante o período o homem não demonstrou preocupação com a esposa. Afirmam, também, que ele jamais perguntou pelo filho, que segue em Nova Ponte na companhia de tios e avós.

Polícia Civil

A Polícia Civil investiga o caso e trabalha com todas as linhas de investigação. O nome e a idade do marido de Karla não foram revelados.

Atualizações sobre o caso podem acontecer a qualquer momento.

Quem tiver informações sobre o caso pode denunciar anonimamente ao 181 (Polícia Civil) ou ao 190 (Polícia Militar).

 

Karla Gonçalves segue desaparecida.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!