Com submetralhadora, bandidos atiram em porta de estabelecimento comercial e roubam réplicas de armas de fogo em Nova Serrana - Portal MPA

Publicidade

Com submetralhadora, bandidos atiram em porta de estabelecimento comercial e roubam réplicas de armas de fogo em Nova Serrana

Postado em 10/12/2021 20:16

Nova Serrana: PCMG obtém êxito em ação ágil de apuração de furto. Foto: Divulgação/PCMG

 

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) localizou a maior parte do material furtado em uma ação ousada, ocorrida na madrugada da última quarta-feira (8/12), na cidade de Nova Serrana. Na ocasião, os suspeitos atiraram, de um veículo em marcha à ré, contra a porta de um estabelecimento comercial e, logo em seguida, invadiram o local, furtando diversos objetos, incluindo seis réplicas de armas de fogo.

O veículo utilizado havia sido roubado no último dia 6 de dezembro, no povoado de São João, na cidade de Conceição do Pará, que fica a menos de 30 quilômetros de Nova Serrana, quando três suspeitos invadiram uma propriedade, renderam e amarraram os moradores, e subtraíram dinheiro, objetos de valor e o automóvel.

Poucas horas depois do crime, equipes deram início às investigações e após intenso levantamento e trabalhos de inteligência, os policiais civis tiveram êxito na localização de parte do material furtado.

No primeiro endereço, na cidade de Nova Serrana, foram localizados o veículo roubado, utilizado na ação, uma submetralhadora artesanal (calibre 380, municiada), 110 pedras de crack, meio quilo de maconha e uma pé da planta, uma balança de precisão, material para embalar a droga, caderno com anotações do tráfico, toucas ninja, três celulares, além de documentos de alguns dos objetos subtraídos.

Em um segundo endereço, também no município foram apreendidos dois celulares e uma TV. Já na cidade vizinha, Araújos, em um terceiro endereço, foram apreendidos uma espingarda calibre 12 municiada, 12 cartuchos intactos do mesmo calibre, três celulares e documentos.

O delegado responsável pelo caso, Diógenes Caldas do Vale, informa sobre os próximos passos do trabalho da PCMG. “Essa é apenas a primeira resposta da Polícia Civil. As investigações continuarão até que o restante do material seja recuperado e que todos os envolvidos sejam localizados e presos”, pontua.

O veículo apreendido foi encaminhado a um pátio credenciado da Polícia Civil, enquanto todo material restante foi levado para a Delegacia Regional em Nova Serrana.