Acusado de matar mulher de primo de Aécio Neves diz por que atirou

Postado em 24/01/2016 0:00

© Fornecido por Notícias ao Minuto

Acusado pela polícia de ser o homem responsável pelos disparos que mataram a empresária Ana Lucia Neves, mulher de Sávio Neves, diretor da concessionária Trem do Corcovado e primo do senador Aécio Neves, Alex Alves Guedes, de 27 anos, o Delex, contou informalmente a polícia que atirou porque a vítima teve uma reação instintiva de o empurrar.

 

 

Alex foi preso nesta sexta-feira, em Austin, no município de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. Ele foi encontrado pela polícia escondido dentro de um armário de roupas, na casa de um parente.

Segundo o delegado Fábio Salvadoreti, da Divisão de Homicídios (DH), Delex foi o último envolvido no crime que ainda continuava solto. Já Fábio Conforte Almeida, de 24, o Fabinho e outros três homens foram presos em dezembro. O crime ocorreu em setembro do ano passado, quando Ana Lúcia parou o carro próximo a uma academia, no Recreio dos Bandeirantes, Zona Oeste do Rio.

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com