Municípios da região Centro-Oeste devem assumir as obras do Hospital Público

Postado em 22/12/2017 15:40

A equipe do conselho técnico do CIS-URG visitou nesta manhã o Hospital Público Regional para dar início aos estudos assistenciais da unidade.  A proposta é que o as obras sejam assumidas pelos municípios da região Centro-Oeste.

Cerca de 63 milhões – retirados dos cofres estaduais – totalmente parados. Assim se encontra a construção do Hospital Público Regional de Divinópolis, iniciada em 2011 e paralisada há mais de quatro anos. A obra é de responsabilidade do Governo de Minas, porém, segundo a Prefeitura, o estado não deu uma previsão para finalizá-la.

Um possível final feliz pra essa novela que envolve o Hospital Público Regional é e o CIS-URG, o atual consórcio que administra o SAMU, assumisse a obra. Desta forma os 54 municípios da região investiriam para concluir a construção. A proposta de o consórcio assumir a obra, mesmo que parcialmente, será discutida no início de 2018 em uma assembleia com os 54 prefeitos da região Centro-Oeste. Mas alguns municípios já manifestaram o interesse em adotarem a medida.

O hospital está em uma área de 59 mil metros quadrados, somente de área construída são 24 mil metros quadrados. Segundo o secretário de saúde de Divinópolis, ainda devem ser gastos cerca de 30 milhões para acabar a construção. E já que o estado lavou as mãos em relação à obra, a ideia é que a parceria com o CIS-URG possa reascender a esperança de toda população da região por uma saúde pública de qualidade.

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com