Publicidade

Ocorrências de queimadas em lotes vagos serão direcionadas ao Setor de Fiscalização para autuação do proprietário

Postado em 04/07/2020 11:28

A Prefeitura de Divinópolis em parceria com o 10º Batalhão do Corpo de Bombeiros, irá desburocratizar as ocorrências de queimadas em lotes vagos. O objetivo é minimizar os danos ao meio ambiente e a saúde.

A partir de agora, todas as ocorrências relacionadas a queimadas em lotes vagos recebidas pelo Corpo de Bombeiros serão direcionadas ao Setor de Fiscalização de Posturas, responsável por notificar ou autuar o dono do lote vago atingido pelas queimadas.

As maiores ocorrências de queimadas acontecem no inverno, entre os meses de junho e setembro. Por se tratar de um período com ar seco e com baixa frequência de chuvas, os donos do lote queimam o local com o objetivo de limpar o terreno de forma fácil. Em contrapartida, esta prática traz riscos ao meio ambiente e à saúde das pessoas que vivem nas intermediações.

Segundo o Major do 10º Batalhão do Corpo de Bombeiros, Joselito Oliveira de Paula, a parceria também é um trabalho preventivo. “A incidência de ocorrências por queimadas de lotes vagos em Divinópolis é alta e é uma medida que poderia ser evitada. A parceria também tem o objetivo de realizar trabalhos preventivos, evitando prejuízos a saúde e ao Meio Ambiente”, comenta.

A Secretária de Meio Ambiente, Flávia D’ Alessandro, explica que a demanda para o setor de posturas é muito grande. Em Divinópolis são 119.500 imóveis, desses 63.000 são lotes vagos e 49.000 lotes construídos. “A medida do possível, os Fiscais de Posturas, através de denúncias de contribuintes, vão aos lotes e atuam os proprietários. Como há muitos lotes vagos na cidade, a principal medida de prevenção é o cuidado e a manutenção do terreno”, completa.

Comente! *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Publicidade
Veja também
Publicidade

Noticias relevantes:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
error: Este conteúdo é protegido!