Lula e Dilma tornam-se em réus no caso “Quadrilhão do PT”

Postado em 23/11/2018 16:53

O juiz  federal Vallisney de Souza Oliveira, da 10ª Vara Federal do DF, aceitou durante a tarde de hoje (23) a denúncia da Procuradoria Geral da República contra os ex-presidentes Lula e Dilma, ambos do PT.

Além dos dois ex-presidentes, o ex-ministro Antônio Palocci (PT), o ex-tesoureiro João Vaccari Neto (PT) e o ex-ministro Guido Mântega (PT) são acusados de Liderar um suposto esquema de corrupção chamado “Quadrilhão do PT”.

De acordo com a acusação realizada pelo ex-procurador Rodrigo Janot em 2017, o quinteto é acusado de orquestrar um esquema de corrupção que desviou bilhões da Petrobrás ao longo de treze anos de governo petista. A acusação afirma que tal esquema de corrupção teria propiciado o pagamento de propina para empresas condenadas por corrupção, tais como Odebrecht, OAS, Camargo Corrêa, Mendes Júnior, entre outras.

Foro Privilegiado

A senadora Gleisi Hoffmann (PT), Paulo Bernardo (PT) e Edinho Silva (PT) também compunham a acusação de Rodrigo Janot, porém os três possuem foro privilegiado e não foram atingidos pela decisão do juiz federal. O trio continuará a ser julgado pelo STF.

 

 

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Real Time Web Analytics