Laudo não aponta contaminação de água e Secretaria de Saúde é impedida de multar a COPASA.

Postado em 30/08/2017 8:19

Apesar da cor amarelada e do cheiro forte denunciado pela população de vários bairros de Divinópolis a água da COPASA não estava contaminada. O laudo solicitado pela vigilância Sanitária de Divinópolis confirmou que a água estava dentro dos índices preconizados pelo Ministério da Saúde.

Veja o resultado emitido pela prefeitura:

Foi constatado que a água coletada se encontra em conformidade com os parâmetros de potabilidade definidos pela portaria 2914 de 2011. A vigilância contínua com seu trabalho de coleta da água de forma rotineira.”

A água coletada pela prefeitura em bairros de Divinópolis foi enviada para laboratório. O caso foi acompanhado também pela Agência Reguladora de Água e Esgoto. A ARSAE é responsável por fiscalizar os contratos de concessão e as empresas que prestam serviço de esgotamento sanitário e abastecimento de água. A Agência havia cobrado da companhia uma justificativa para o problema.

Segundo a COPASA a falha teria ocorrido durante o processo de filtração. A sujeira acabou subindo e provando a entrega de água barrenta. O fato aconteceu enquanto a empresa fazia a manutenção da Estação de água do Itapecerica (ETA). Os técnicos da Secretaria Municipal de Saúde informaram que vão continuar acompanhando a qualidade da água em Divinópolis.

Reveja a reportagem: 

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios