Justiça suspende autorização de trabalho concedida ao goleiro Bruno

Postado em 19/10/2018 15:52

A Vara de Execução da comarca de Varginha confirmou a suspensão da autorização para trabalho concedida ao ex-goleiro Bruno Fernandes,flagrado com mulheres, bebida e celular em um clube da cidade.

Condenado a 20 anos e nove meses de prisão pelo assassinato e ocultação de cadáver da modelo Eliza Samudio e sequestro do filho Bruninho, o ex-atleta cumpre pena em regime fechado, no Presídio de Varginha.

A Justiça havia autorizado Bruno a trabalhar nas obras da Apac do município. O ex-goleiro era liberado às 7h e retornava a unidade prisional às 18h, de segunda a sexta-feira, em transporte fornecido pela Apac. A suspensão da autorização aconteceu após a direção do presídio comunicar a Vara de Execução da comarca sobre o fato. 

Justiça suspende autorização de trabalho concedida ao goleiro Bruno

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Real Time Web Analytics