Greve dos servidores atinge população; Saúde e educação são os setores mais afetados

Postado em 06/04/2016 18:53

Há oito dias os servidores municipais de Divinópolis aderiram a greve reivindicando reajuste salarial. Os locais estão funcionando com apenas 30% como determina a lei.

A população está preocupada pois alguns serviços já foram suspensos. Na área da educação, das 52 escolas municipais, 14 funcionam normalmente, uma funciona parcialmente e 38 já estão com as atividades suspensas.

Para aquelas pessoas que utilizam a biblioteca Ataliba Lago, ela também está fechada. Para fazer a renovação é necessário usar a internet. Já em caso de devolução, os livros devem ser entregues na Secretaria de Cultura, que fica ao lado.

Ouro setor que esta paralisado é o setor da saúde. Divinópolis hoje conta com 42 unidades e destas, 400 servidores estão em greve, o que deixa a UPA Padre Roberto sobrecarregada, pois é o único lugar que continua com atendimento normal.

Uma outra questão que incomoda principalmente os trabalhadores da saúde, é a situação precária de trabalho: mofos e lixo são encontrados facilmente nos locais que serve para cuidar da população.

Veja também
Comentários *Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. comentarios
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com